Atividades JH

O programa de atividades compõe-se de educação na fé e de formação integral, mesmo que cada jovem participe dele apenas parcialmente, ou segundo sequências diferentes. Isto pode acontecer porque a estrutura dessas mesmas atividades não se mantém de um ano para o outro nem se realizam todos os anos as mesmas.

Em cada ano elabora-se um programa formativo, parte do qual é inspirado pelo tema escolhido para esse mesmo ano. O itinerário proposto começa sempre pela formação humana, passa pela dimensão da fé, entra na dimensão vocacional e termina na dimensão apostólica. Todo este processo é unificado com a experiência e a celebração da fé em grupo.

No que concerne à formação humana, destacam-se as N’Hospitalidade-Curso (atividades de formação a nível nacional, por norma com duração de 2 a 3 dias, onde se abordam temas como o auto-conhecimento, as relações humanas, a afectividade, etc).

No crescimento da fé promovem-se Retiros, vocacionados para a oração e a reflexão, e N’Hospitalidades Curso, abordando temas como antropologia teológica, cristologia, eclesiologia, sacramentologia, Bíblia, vida e obra dos fundadores da OH e das IHSCJ. Existem ainda as caminhadas e as peregrinações, com durações e destinos variáveis.

Em relação à dimensão vocacional, salientam-se as N’Hospitalidades Curso sobre a teologia da vocação e sobre a vida consagrada, passando naturalmente pela vocação dos fundadores. Há ainda que referir os Retiros Vocacionais especialmente direccionados para o discernimento vocacional.

Finalmente, o leque de propostas na vertente apostólica tem por base duas linhas que dependem do jovem: o tipo de acção a desenvolver e o tempo disponível para o fazer. É proposta a formação na área dos primeiros socorros, na formação de animadores, no conhecimento e aprendizagem em situações de sofrimento humano e na preparação para integração de projectos missionários, por exemplo.

Há também um leque de atividades através das quais nos podemos pôr ao serviço dos outros: Fins-de-semana Hospitaleiros em que é privilegiado o trabalho com os doentes nas casas OH e IHSCJ, tal como osCampos de FériasCampos Missionários, etc.

Existem ainda atividades que, pelas suas características, abarcam mais do que uma vertente das acima mencionadas, fazendo-o de uma forma integrada, como é o caso da Páscoa Hospitaleira e daN’Hospitalidade Acampamento.

Por fim, há ainda um outro tipo de atividades que visa dar a conhecer o movimento e o carisma que o anima ao jovem que, pela primeira vez, toma contacto com esta realidade. São as denominadas R’Hospitalidades, que são acividades de curta duração, normalmente um dia, de cariz regional (daí o “R”), com programa variável de ano para ano e flexível para mais facilmente se adequar ao meio e aos jovens envolvidos. Também são levadas a cabo sessões de esclarecimento, normalmente a pedido, que pretendem divulgar o movimento junto de grupos de jovens, escolas, etc.